22

A História de Itambé

A palavra Itambé é de origem Tupi e significa Pedra Afiada. O Povoado do Verruga nasceu entre 1860 e 1890, quando uma grande seca assolava o sertão baiano e muitas famílias se deslocavam para o litoral em busca de sobrevivência. 

Duas destas famílias ao descerem a Serra do Marçal ficaram deslumbradas com Vale Verdejante que os encheram de esperanças, dando o fim a uma longa viagem que acabaria no Litoral. Essa região era território dos índios Pataxós e Mongoiós, tribos valentes que defendiam bravamente sua terra. Não se sabe com quais argumentos os senhores Manoel Balbino da Paixão e Manoel Raimundo da Fonseca, os chefes destas famílias, ainda lá na Serra do Marçal negociaram  com os índios a permissão para se instalarem.

Continuaram descendo os vale a procura de terras férteis para lavoura e pastagens. Foi então que chegaram aqui e encontraram as condições apropriadas junto ao Riacho de Santa Maria, afluente do lado esquerdo do rio verruga. Como as terras eram excelentes para agricultura e pecuária, atraíram inúmeros colonos, gerando assim grandes conflitos com os índios Pataxós. Do lado direito desse rio, onde hoje é a  Praça Otávio Mangabeira, havia aldeias dos índios Pataxós, que impuseram a condição de que os desbravadores, permanecesse4m do outro lado do rio.

Nessa época, os padres capuchinhos viajavam a longa distância em lombo de burros para as santas missões e ao chegarem aqui encontraram os primeiros povoadores e começaram a catequese destes e também dos índios. Foi edificada a primeira capela, feita de taipa junto ao córrego de Santa Maria. Mais tarde, outra família também em busca do litoral, ao passar por aqui e constatar que havia outras famílias, resolveu ficar. O senhor Gonçalves de Oliveira se estabeleceu do lado de cá do Rio verruga, gerando assim grandes conflitos com os índios. 

As famílias rezaram muito pela paz e tomaram como intercessor São Sebastião. Foi então edificada outra capela, onde hoje é a Igreja Matriz de São Sebastião, pois as aldeias dos índios ficaram no local da atual Praça Otávio Mangabeira e essa capela servia de barreira para atenuar os ataques dos índios e dos colonos. Além de pacificar e colonizar, os padres também educavam os filhos dos colonos ensinando-lhes a ler e escrever. Daí em diante o povoado cresceu e progrediu rapidamente. O povoado do Verruga pertencia ao Município  de Vitória da Conquista.

De acordo com a Lei Estadual nº 2042 de 12 de agosto de 1927 o povoado adquiriu a sua emancipação política. Foi elevado a categoria de Vila com o nome Itambé, pelo então Governador da Bahia, Góes Calmon. A vila de Itambé teve como intendente o senhor Ascendino Melo que havia defendido a emancipação do município juntamente com os coronéis Felizário Ferraz, Silvio correia, Gentil Flores, Cícero de Oliveira Santos, Henrique Brito, Rogacioano Nolasco e Flaviano Ferraz dos Santos. No dia 1º de janeiro de 1928 era instalada a Vila de Itambé, sendo empossado o órgão Legislativo local e o primeiro prefeito Coronel Hygino dos Santos Melo.

Em 30 de novembro de 1938, através do Decreto de Lei nº 11.089 o Município de Itambé adquiriu o distrito de Itapetinga que pertencia ao Município de Vitória da Conquista. Em 03 de agosto de 1948, foi colocada primeira pedra para construção da primeira casa do distrito de Catolezinho, numa área doada pelo então vereador e próspero fazendeiro o senhor Cassiano Fernandes Ferraz. Após nove meses já havia sido edificada uma média de 300 casas, assim Catolezinho se tornou o primeiro distrito e Itapetinga o segundo. Itambé possuía também os arraias de Sapucaia, Palmares e Bandeira. Em 12 de dezembro de 1952, Itambé perdeu o distrito de Itapetinga, quando este foi emancipado politicamente.

No processo de estruturação política e administrativa houve também a estruturação da fé. Em 28 de novembro de 1935, foi instalada paróquia de Itambé, graças a influência do Doutor Aparício do Couto Moreira que era parente próximo do Monsenhor Moisés Couto, Vigário de Itabuna, este intercedeu para criação da paróquia, tendo como primeiro vigário o padre Nestor Passos.

Fonte: Wikipédia

22 comentários:

  1. JA SABEMOS DISSO QUERO SABER MAIS NE !!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Fale-me da ligação entre a cidade de Itambé e a cidade italiana San Fili. Na entrada da cidade San Fili (no estado da calábria) tem uma placa datada de 1992 dizendo que aquela cidade é geninada com Itambé, no Brasil. Como aí tem uma praça chamada San Fili, qual é essa história.
    Obrigado, Julio

    ResponderExcluir
  3. A ligação de Itambé com a cidade San File na Itália ,foi através do padre Juracy pároco e missionário que em uma das suas missões pela Europa fez vários amigos nessa cidade desde então esses amigos passaram a ajudar o padre em suas obras aqui na cidade.O padre se tornou um grande pastor,mestre,pai também daquele povo por isso os prefeitos das duas cidades fizeram um pacto por telefone em se tornarem co irmãs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AMEI A DESCRIÇÃO, REALMENTE EU NÃO SABIA DE TAL LIGAÇÃO.

      Excluir
  4. Alguêm fala um pouco da origem do Rio Verruga ???????

    ResponderExcluir
  5. essa cidade e uma das maravilhas do brasil e da bahia

    ResponderExcluir
  6. Tô trite cada ANO qeu passa, vejo o RIACHO (corrêgo)de STa. Maria desaparecer, e triste!!!, nós proprietários Rurais temos que ter conciência, não DESMATAR MAIS.

    Ass. Movimento "REFLORESTE".

    Salve o Rio Sta. Maria.

    ResponderExcluir
  7. MORI- MOVIMENTO REFLORESTE ITAMBÉ.

    O corrêgo de Sta. maria e o "alvo"

    vamos juntos (comente)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pessoal do MORI, como é esse negócio da BOLSA VERDE, dizem que é para reflorestamento!!!!!!

      O QUE É MESMO MORI - (movimento refloreste Itambé)????????

      Excluir
  8. Nasci em Itambe e estou em São Paulo há muitos anos. Morro de saudade pois sai ainda pequena . Amo Itambe mesmo estando longe.

    ResponderExcluir
  9. me emocionei ao le sobre itanbé pois quando crinça morei na fazenda de dr. aparicio couto moreira.

    ResponderExcluir
  10. quero parabenizar a vc luiz pedro pela sua inteligenci.cooragem de cria algum tão bom para mostra a cidade de itanbe p o mundo,não conhecia a cidade estivi ai gostei muito ate casei com um rapaz dai a 5 anos,uma cidade muito hospitaleira.conheci o biscoito chimango q nunca ouvi falar kkkkkkgostei de mais.li a historia da cidade vc é muito inteligente,sou de maracas

    ResponderExcluir
  11. essa cidade e o oow do borogodooh oo trem feiii

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cale a sua boca para falar de itambe seu moleque

      Excluir
  12. OI MEUS SENHORES ITAMBÉ, COMO É DE NOITE BOA NOITE.
    COMO EU PODERIA SELECIONAR UM ARTIGO EM SUA PÁGINA E COLAR EM OUTRA , COMO COPIA E COLA,??
    NA TELA PARECE AQUI O MAUSE TATEIA COMO NUMA TÁBUA DE VIDRO.
    COMO FAZER PARA COPIAR E COLAR , SEM QUERER ROUBAR LEITE ITAMBÉ??RSRRSR

    ResponderExcluir
  13. Esta cidade tem uma simplicidade a toda mostra, suas ruas com calçamento de pedras e nos fios elétricos de poste a poste pode-se notar os ninhos dos passáros, isto é muito peculiar das regiões com uma excelente oxigenação, parabéns ao responsável pelo espaço virtual e que Deus o proteja para que siga adiante neste projeto, a propósito achei que vocês tem uma GCM muito educada e excelente no trato com os visitantes, eu e meus familiares somos testemunhas deste fato pitoresco que nos aconteceu e fomos bem orientados pelo guarda e isto só é possível nas boas cidades.

    ResponderExcluir
  14. Amo a minha cidade natal, estou com saudades.
    Interessante a historia que li da minha cidade.

    ResponderExcluir
  15. Amo a minha cidade natal, estou com saudades.
    Gostei da historia da minha cidade.

    ResponderExcluir
  16. Amo a minha Cidade do jeito que ela e

    ResponderExcluir
  17. Pastor Marcelo Gomes14 de abril de 2014 13:03

    Amei a genealogia histórica dessa cidade.
    O que chamou mas a minha atenção foi o significado do nome ITAMBÉ e como se iniciou.
    O significado diz que é PEDRA AFIADA,devemos viver o nosso dia a dia como essa PEDRA AFIADA em ITAMBÉ,diz respeito á:
    precisão,aferição,resistência,serventia,utilidade e capaz de realizar quaisquer cois.
    Não posso deixar de ressaltar que a origem de ITAMBÉ é Indígena,ou seja:
    Como os índios,devemos defender o nosso território,zelar por ela e sempre ser otimista em relação a nossa geração posterior e o futuro de nossa cidade.

    DEUS NOS ABENÇOE!

    ResponderExcluir
  18. agora e vergonha para itambe que jateve itapetinga como municipio e hoje itapetinga da treis de itambe como explicar isso emm

    ResponderExcluir

Informamos que o seu comentário só será publicado caso este não quebre as regras do Itambé Agora. Dê sua opinião com responsabilidade!

Todos os comentários postados serão moderados pelo blog.

Os comentários expressos pelos nossos visitantes podem não representar o pensamento do blog.

Comente!!!